Senadores vão ao STF contra Bolsonaro por omissão aos indígenas Yanomami: “ação genocida”


Imagem: Agência Senado/reprodução

Nesta terça-feira,16, o líder da oposição no Senado Federal, o Senador Randolfe Rodrigues (REDE -AP) acompanhado de outros senadores da oposição disse que vai acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devido às denúncias de omissão do governo federal em relação aos indígenas Yanomami.


Reportagem do programa Fantástico , da TV Globo , mostrou que os povos da etnia estão sofrendo com o abandono e falta de ação por parte do Executivo no combate aos garimpos ilegais, que ameaçam a sobrevivência dos indígenas da região amazônica e causam degradação ambiental . Além disso, a desnutrição infantil, pessoas doentes e a falta de atendimento médico assolam os povos originários da maior reserva indígena do país.


Randolfe afirmou que a omissão do governo frente a essas questões é uma "ação genocida", e prometeu entrar com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) para que o Executivo "cumpra o seu dever para com as populações indígenas".


"Apresentaremos mais uma denúncia às cortes internacionais contra Jair Bolsonaro por genocídio", acrescentou.



6 visualizações0 comentário