Helenilson Pontes ex-vice governador do Pará destroi apartamento da ex-esposa


Reprodução via internet

A ex-esposa do ex-vice governador do Pará Helenilson pontes foi acusado pela ex-esposa Priscila Ramos de ter invadido seu apartamento em Belém, fazendo a mesma coisa no apartamento de São Paulo, não suportando mais o ato violento do ex-marido, Priscila fez um vídeo e divulgou em suas redes sociais, no vídeo muito abalada Priscila fala que Helenilson jogou no lixo seus pertences pessoais, e memorias de 20 anos de sua vida, como cordão umbilical de suas filhas, pertences do enxoval das crianças e todos os álbum de fotos e CDs que ela guardava de recordação de sua vida e da vida de das filhas, as meninas também são filas de seu ex-marido.


Helenilson Pontes é ex-vice governador do Pará entre 2011 a 2015, governou com o ex-governador Simão Jatene, no momento inelegível, uma gestão negativa e com pouco compromisso com o povo paraense. Hoje é presidente estadual do partido no estado do Pará, sua carreira partidária continua estável, enquanto a vida de sua ex-esposa é atormentada, violentada psicologicamente. O que Priscila Ramos viveu praticado pelo seu ex-marido foi violência doméstica familiar, psicológica e de degradação de bens. Veja o artigo 7 da lei maria da penha sobre violência psicológica.


"Qualquer conduta que lhe cause danos emocional e diminuição da autoestima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, violação de sua intimidade, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação".


Sem mais Informações sobre a vítima. No entanto Elenilsom segue sua vida política, e o partido não tomou nenhuma posição sobre o assunto, tudo segue normalmente como se nada houvesse acontecido. O PSD vai manter um agressor (agressão psicológica é crime) no o partido?

25 visualizações0 comentário